Educação Fonoaudiologia Saúde ReDes Aparelhos Auditivos ReDes

O que é alteração do processamento auditivo central?

O que é alteração do processamento auditivo central?
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

O que é alteração do processamento auditivo central ?

alteração do processamento auditivo central é um transtorno auditivo em que há impedimento das habilidades de analisar e/ou interpretar padrões sonoros.

Alteração do Processamento Auditivo Central

Alteração do Processamento Auditivo Central

 

Para cada tipo de alteração no processamento auditivo Central pode se organizar uma proposta de fonoterapia enfatizando alguns aspectos que deverão ser predominantemente treinados.

 

Observar as alterações no processamento auditivo Central:

  • Localização sonora: se localiza auditivamente a fonte sonora;
  • Síntese binaural: se integra estímulos incompletos simultaneamente ou alternados para orelhas opostas;
  • Figura-fundo:  se identifica mensagem primária na presença de sons competitivos;
  • Separação binaural: se escuta com uma orelha e ignora a orelha oposta;
  • Memória: se  estoca e recupera estímulos;
  • Discriminação: se determina quando dois estímulos são iguais ou diferentes;
  • Fechamento: se percebe o todo quando partes são omitidas;
  • Atenção: se persiste em escutar sobre um período de tempo;
  • Associação: se estabelece correspondências entre um som não lingüístico e sua fonte.

O que fazer depois de diagnosticado alteração do processamento auditivo central?

A fonoaudióloga prepara um plano de terapia para cada tipo de alterações do processamento auditivo central, dando enfase as áreas prejudicadas .

O objetivo principal é dar condições  para o indivíduo se reorganizar quanto aos aspectos envolvidos na comunicação no que se refere a utilização dos fonemas, da prosódia e das regras da língua.

Para cada tipo de alteração no processamento auditivo Central pode se organizar uma proposta de fonoterapia enfatizando alguns aspectos que deverão ser predominantemente treinados.

A estimulação adequada reforçará as conexões neurais da criança, consequentemente fortalecerá os processos e habilidades auditivas, além de facilitar as estratégias de compensação.

Na terapia fonoaudiológica deve enfatizar os aspectos de síntese fonêmica para promover a consciência fonológica; estimulação mono e binaural; habilidade auditiva de figura-fundo para dessensibilização da fala em presença de ruído.

É através do treinamento auditivo que o fonoaudiólogo desenvolverá as habilidades prejudicadas, melhorando a percepção da fala e, consequentemente, aumentando sua competência comunicativa.

      Para saber mais sobre alterações do PAC, entre em contato com a fonoaudióloga Silvia Garcia , 

E-MAIL-CLIQUE

E-MAIL-CLIQUE

 

Clicando aqui.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Seja o primeiro a comentar!